quinta-feira, 27 de setembro de 2012

MESTRES E VOCÊ

Por Victor Augusto de Souza e Fernando Coelho


Bem-vindos sejam!
O Karma é um tema extremamente intrigante, unindo-o com os conhecimentos da Fraternidade Branca se torna um ramo vasto e único para nos conhecermos e descobrirmos um pouco mais sobre o gigante Universo.
Neste mês, continuamos na sintonia de Família e a falta de aceitação da sua fé; hoje iremos repassar uma mensagem que te conectará com a energia da Chama Violeta. Há de se deixar bem claro que a chama violeta, assim como toda e qualquer força espiritual, surtirá um efeito interno dentro de você mas a ação sempre será sua, não use a espiritualidade como um meio de fuga, de progestinação, use-a como um meio de crescimento pessoal.

Dentro do âmbito da família muitas vezes acabamos nos envolvendo tanto com problemas, querendo ajudar ou mesmo pelo "tamanho" deles que cometemos o velho erro de nos esquecermos. A Fraternidade hoje te relembra de que nada adianta você se focar no problema se a pessoa que irá solucioná-lo não tiver forças; essa pessoa é sempre você. O salvador da sua história é seu próprio eu, ninguém mais.
Dê-se hoje uma chance de tirar um momento para você para valorizar quem é, independente do que ocorra, seja a manifestação da sua essência.


Caso sinta em seu coração que deseja se conectar mais com a energia da Chama Violeta, acenda uma vela comum de cor Violeta ou Lilás e chame pela energia de Saint Germain e da chama violeta pedindo para que abram suas percepções e ajudem a solucionar seus bloqueios, coloque ao redor da vela acessa mel e deixe queimar até o fim.






Veja abaixo a primeira parte da mensagem da Chama Violeta e se conecte com esta energia de libertação!


"Meus filhos amados,meu coração está junto de vocês, amados, sempre que seus pensamentos estiverem em conexão com a poderosa Chama Divina, a Chama Violeta. Elevem seus pensamentos quando quiserem conectar-se com essa energia. Conectem-na com o coração e a chama começará a acender no seu cardíaco, se expandirá e se ampliará. Depois, deixem suas mentes ligarem-se ao Criador através do coronário. A chama se expandirá na medida em que seu coração der o fluxo e o ritmo, através da vibração do amor que emana de dentro de vocês. É como o ritmo do batimento cardíaco. A cada batida, um impulso magnético acende a chama no seu interior. Encham seu coração de amor universal e incondicional a todos os seres e trabalhem, meus filhos. Envolvam a tudo e a todos com essa chama, a começar por vocês mesmos.

Necessitamos que vocês estejam ligados neste trabalho de transmutação de tudo que não serve mais, do mundo que desejamos transformar, dos corações que queremos auxiliar, da nova raça que queremos consolidar, da natureza que queremos renovar e tudo isso para que possamos adentrar numa nova faixa vibratória, necessária para este momento.
Não deixem que as pequenas mazelas do seu dia-a-dia modifiquem o seu estado de humor e resultem em desarmonia. É essencial que reservem alguns momentos para vocês, em completo silêncio interior, buscando seu eixo de equilíbrio. Para isso, não deixem de utilizar os recursos de que vocês já dispõem e que podem ser potencializados através da conexão com o Alto. Vocês se esquecem dos instrumentos que possuem em sua mãos, os quais, generosamente, o Alto lhes reserva. Deixando-se envolver pelo desequilíbrio geral que os rodeia, vocês se esquecem de acionar as alavancas dos instrumentos disponíveis.
Ao se levantarem de manhã, não saiam em desabalada carreira para iniciar seu dia. Se há um determinado horário a cumprir, acordem meia hora mais cedo que o habitual e meditem, ligando-se ao Criador e oferecendo sua mãos, seu coração e seu amor. Peçam as bençãos do Céu para suas ações e seus pensamentos. Ofereçam seu dia ao Criador. E, mesmo que aquele dia não seja como vocês imaginaram, se estiverem em conexão com o Criador, certamente farão deste dia um aprendizado para suas almas e a cada dia essa conexão irá aumentando, na medida em que persistirem na ligação com a Fonte Divina que está dentro de cada um, através da meditação. "



segunda-feira, 24 de setembro de 2012

É FANTASTICON... Tcham!



por Eddie Van Feu

 Neste final de semana, Renato Rodrigues e eu estivemos no Fantasticon, evento de literatura fantástica, e encontramos viajantes do tempo, steampunks, muitos autores, editores e aspirantes à arte de contar histórias! Foi legal rever amigos que foram lá só para nos ver e rever outros que já tínhamos encontrado na Odisseia Fantástica em maio. Você confere alguma FOTOS do evento AQUI! 



Nós estivemos apenas por uma tarde no evento, que neste ano foi dividido em dois finais de semana. Isso desafogou o espaço, que estava lotado no ano passado, mas bem calmo nessa edição. A Devir foi a responsável pela loja que vendia livros de diversos autores nacionais, todos na linha fantasia. É uma surpresa ver quantos títulos o Brasil produz que nunca conseguem ver a luz de uma vitrine da Saraiva.
 
Neste ano, também vi mais pessoas fantasiadas, como você confere nas fotos. Mas o público do Fantasticon é meio tímido (ou indiferente) com isso, diferente do público da Bienal, da Feira do Livro, ou de qualquer outro evento literário. Felizmente, isso não inibe o pessoal que gosta de se fantasiar e capricha no visual, como a galera do Steampunk!

O organizador do Fantasticon Sílvio Alexandre em seu visual Steampunk!

 Como impressão pessoal, o Fantasticon parece mais um evento de autores e profissionais da área do que um evento para leitores. Praticamente 90% das pessoas lá eram autores. Os outros 10% eram aspirantes a autores. É de fato um bom lugar para fazer contatos e trocar informações (assim como ouvir fofocas! Eu ouvi umas muito boas!).




Quanto aos livros, temos a chance de ver todos no mesmo lugar, mas não havia descontos, o que desanimava muita gente. Bem ou mal, são livros que podem ser encontrados na editora pela internet. Mesmo assim, a exposição era válida. Por ser um público mais maduro, O Portal acabou se destacando mais do que o Lua das Fadas.


Com Amanda Reznor, autora de "Delenda"
Para quem pretende ir ano que vem, vale ficar atento à programação, pois há muitas palestras no decorrer do evento. Para pontuar essa matéria, fica a história mais interessante dessa viagem. Quando já estávamos na rodoviária, encontramos uma leitora nossa do Rio! A Ísis nos conheceu na Bienal do Rio de 2011 e estava lá em SP com o pai para uma feira de alguma coisa que eu não entendi. Ela insistiu para que o pai a levasse lá no evento porque ela queria nos ver e comprar as continuações, e eles foram. Mas quando chegaram, o evento já estava fechando, e ela teve que fazer sua carinha de anime e implorar para venderem o livro pra ela. Como só tinha O Trono Sem Rei, foi o que ela levou, pois os outros tinham acabado. Felizmente, nós tínhamos Os Dragões de Titânia 2 e vendemos lá mesmo na rodoviária! Ela ainda levou autógrafos e brindes, além de uma boa história pra contar! Viu? Acho que o público chega até nós de maneiras inusitadas mesmo, tipo... por linhas tortas...

Isis Valença, a Vigilante Rodoviária!


Com Eduardo Kasse, autor de "O Andarilho das Sombras".

Lá havia uma dupla de oráculos que tiravam a sua sorte através de citações de grandes obras! Adivinha qual foi a minha? Edgar Alan Poe. "E o corvo disse: NUNCA MAIS!". Adorei! Tem tudo a ver com certas situações e decisões que tomei esse ano!

A minha galera que é pau pra toda a obra e está sempre presente: Ana Paula Vechio, Cynthia, Victor Augusto e Pedro Guardião. Valeu, galera!


Eu e Renato Rodrigues batalhando pelos nossos livros! Felizmente, o público está curtindo e já pensamos nas continuações para o ano que vem!

Aqui somos nós com o amigo Richard Diegues, editor da Tarja Editorial, que possui excelentes títulos na linha de fantasia e algumas das mais belas capas que já vi, não deixando nada a dever para as grandes editoras.

Dama medieval encontra viajante do tempo!

Aqui temos A Princesa e o Cavaleiro, Dom Corleone, Robin Hood, a moça do Plantão Médico, um anime e o motorista da 1001 que foi até lá nos avisar para gente não se atrasar.

O Fantasticon costuma ocorrer sempre em setembro, então é só ficar esperto para o próximo ano! A gente não tem certeza se vai poder ir ano que vem, mas manteremos todo mundo informado!

LOBOTECA: Convite de casamento


por Renato Rodrigues

Já presenciei o casamento do Homem-Aranha e do Superman (Não um com o outro, que fique claro) e de outros personagens dos quadrinhos mas confesso que não achei que viveria o bastante para presenciar isso! Você já deve ter lido por aí que a Mônica e Cebolinha vão subir ao altar, né? E será em “O Casamento do Século”, na igreja São Mauricio de Souza na edição comemorativa de nº 50 da revista “Turma da Mônica Jovem”, que chega às bancas a partir do dia 27/09.
— Muitos leitores vinham pedindo para nós criarmos esse momento especial. Mas para saberem como Mônica e Cebola chegaram a esse altar, só lendo a revista — despista Mauricio de Sousa.
Lançada em 2008, a série Turma da Mônica Jovem surpeendeu o mercado como um sucesso de vendas revitalizando a turma do Bairro do Limoeiro para os novos leitores do século 21. 
 
O primeiro exemplar da revista vendeu 60% da tiragem inicial logo na primeira semana de lançamento e a Panini aumentou a tiragem da revista de 80 mil exemplares para 230 mil exemplares. E daí só foi aumentando. Tanto que ano passado o site Bleeding Cool (especializado em quadrinhos), contestou a afirmação de que a revista Justice League#1 (pós reboot) teria sido a HQ mais vendida de 2011 com uma vendagem de 200 mil exemplares uma vez que a edição #34 da Turma da Mônica Jovem, (aquela do beijo na capa) vendeu 500 mil exemplares.
 
Mas e agora? A minha dúvida é se os leitores estão preparados para esse enlace. Toda série onde um casal que briga muito e que depois acaba ficando junto, fatalmente perde o interesse de seu público. A Marvel e a DC mesmo já casaram e descasaram personagens visando novos públicos e uma maior identificação com o leitor de seu tempo. Peter Parker e Clark Kent já estão solteiros de novo e isso garantiu vendas muito maiores que as do tempo onde usavam bambolê no dedo. O que prova que malandro mesmo é o pato que nasce sem dedo pra não usar aliança (Certo, Pato Donald?).
 
Só não foi revelado é como acontecerá esse matrimônio, uma vez que os dois ainda são adolescentes. Será que o Cebola deixou a Mônica "golducha" antes da hora? Dia 27, nas bancas, você saberá!

Por enquanto vai aqui uma das cenas comprometedoras do blog Porra Maurício onde descobrimos que os dois já andam de saliência faz tempo.


sábado, 22 de setembro de 2012

CIGANA DAS FLORES

Por Fernando Coelho e Sandrini

Queridos lobonaltas, tivemos uns contra tempo mas aqui estamos. Já é primavera e hoje vamos falar de uma cigana que tem a mesma sintonia.
 Cigana das Flores, pouco se sabe sobre sua historia quando encarnada. Ela nasceu na primavera, e no acampamento a chamavam de Flor; seu desencarne foi um mistério.
 Hoje ela aparece espiritualmente para algumas pessoas, usa sempre vestidos coloridos, flores nos cabelos e sempre que aparece deixa um maravilhoso perfume de flores no local. Adora trabalhar cuidando do lado sentimental das pessoas. E sempre que precisar de uma ajudinha desta cigana ofereça flores para ela, é interessante que você saiba o significado das flores para fazer o pedido certo. Ela costuma ensinar magias feita com flores, é bem provável que ela te ensine algo quando você der o presente a ela.
 Praticantes de magias que trabalham com esta cigana recebe previsões e informações através de perfumes, é algo que somente eles entendem.
Achei um poema bem bonito sobre essa cigana, e é com esse perfumado poema que desejamos a vocês bons rituais e um bom final de semana.



Cigana das Flores 


A linda cigana das flores
Ajuda todos os amores
Com suas leves cores ,
Que tiram as dores !

Sua pele é alva como um jasmim
Sua alma é meiga como um Serafim !
Seu perfumado hálito de cravo
Liberta qualquer escravo !

A linda cigana das flores
Ajuda todos os amores 


Com suas leves cores ,
Que tiram as dores !

Suas mãos são margaridas ,
Que curam as feridas
Das almas mais sofridas
E das lágrimas caídas !

Seus cabelos são lírios ,
Que causam delírios ,
Nos homens sofridos
E bem arrependidos !

Sua pele macia de princesa
É feita da tulipa holandesa !
Seus olhos curiosos e xeretas
Tem as cores das violetas !
Seu andar em verso e prosas
Possui a magia da rosa !

A linda cigana das flores
Ajuda todos os amores
Com suas leves cores ,
Que tiram as dores !

Seu espírito é um jardim ,
Que tira tudo o que é ruim .

Luciana do Rocio Mallon 

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

CEMITÉRIO MALDITO + FAMILY DOG + FRANKENSTEIN = Tim Burton animado


por Renato Rodrigues

Todo mundo que já perdeu um cachorro deverá se identificar com o guri dessa animação: Frankenweenie, é um longa de stop-motion dirigido e escrito pelo esquisitão Tim Burton baseado no curta que fez ainda em 1984 (Veja aqui no Yútubi mas sem legendas). Feito propositalmente em preto e branco (como o curta de 84 que já era em PB para parodiar o clássico Frankenstein) o filme tem o climão dark que é marca registrada das obras do Tim Burton e uma história, aparentemente, acima da média das mesmisses animadas em 3D que se vê por aí. Confira um dos trailers legendado abaixo:




Reparem só como até o cachorro se parece com o do curta de 1984...

Você poderá ver Frankenweenie nos cinemas a partir de 2 de novembro. Enquanto isso, vai matando o tempo com esse outro incrível lançamento de terror canino pelo torrent: Vampire Dog (Que merda!):



Por que fazem algo assim? Posso imaginar a distribuidora traduzindo para "Cão-púsculo, um vampiro animal"!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

OS MESTRES E VOCÊ


Por Victor Augusto de Souza e Fernando Coelho



Bem-Vindos Sejam!
O poder dos Mestres junto a presença de Deus em você te dá a possibilidade de modificar o seu "destino", quebrando grilhões kármicos e tendo uma vida mais livre. Porém, dentro da senda do autoconhecimento, você notará que muitas vezes o que achamos que queremos não é real para nossa alma. Você já desejou algo em demasia e quando conseguiu parece que perdeu a graça? Então, é o mesmo caso quando você deseja se livrar de algo aparentemente, porém, interiormente você não fez tal desapego.

Por falar em desapego, chegamos ao foco de orientação dos Mestres neste mês de setembro, para curarmos nossas feridas kármicas familiares, principalmente no quesito de fé, necessitamos libertar nossos corações de mágoas passadas. Perdoar não é esquecer o que passou, mas é não mais permitir que o passado determine seu presente.
Comece hoje a manifestar o poder que existe dentro de você, caso a vida esteja te dando uma lição difícil demais para ser carregada, sorria!
Se você entrar na vibração negativa as provas ficarão mais pesadas ainda, não aceite as circustâncias negativas. Você veio com um plano Divino para manifestar sobre a Terra, não pare em uma prova, prossiga, acredite, tenha esperança, pois, é ela que te levará até ao seu Self, ao seu próprio paraíso.


Desapegue-se de pesos passados, abra asas para ter uma vida plena e transmita essa gratidão a vida no seu dia-a-dia. Acredite, desta forma, você manifestará o amor da Divindade, trará milagres a sua vida e viverá tudo o que merece da melhor forma possível: Sendo Você Mesmo!

Confira a continuação da mensagem da Mestra Rowena.
Caso não tenho lido a primeira parte, não se acanhe. Clique AQUI e você será conduzido a mesma.




 Eu, como Mestra do Raio do sentimento, falo a vocês do amor, porque fui treinada a amar. E, todas as vezes que vocês se desiludem, compreendam, estão treinando para amar. Estão treinando para amar a Deus que está no homem não na irá lhes falhar. Falharão, sim, as personalidades, pois as personalidades são falíveis, completamente falíveis, assim como vocês também o são.
 Vocês não são confiáveis. Vocês não são eternos, e nem eternos são os sentimentos de amor humano, Nem os sentimentos dever ser encarados dessa forma.
 O único sentimento eterno é o sentimento do amor universal e desinteressado.
  Portanto treinem as suas emoções. Emocionem-se, deixem que as lagrimas venham, deixem que as mãos tornem trêmulas e que o coração, como uma manteiga, derreta-se.
 O treino de ser pai, de ser mãe, de ser irmão, de ser amigo, de ser amante, nesse mundo que vocês vivem, nada mais é do que treinar as suas emoções. Vocês estão treinando se emocionar sendo pais, sendo filhos, sendo amantes, sendo amigos. Vocês estão treinando sentir para que o sentimento maior desabroche em vocês. Para que o sentimento de devoção seja criado em vocês.
O amor devocional, o amor ao ser vivente, o amor a Deus, que um dia pisou a terra. O amor a Deus que pisa na terra, neste momento, é a forma de sentir que liberta.

 E quando a Chama Trina e a presença do “EU SOU” se levanta, em cada amanhecer ou entardecer, só pode ser vista em sua grandeza por aquele que sente.
 Só pode ser sentida por aquele que vibra o amor, por aquele que perdoa, que, por isso, compreende, e que, por isso, aceita.
Não queremos mais ouvi-los balbuciar “EU SOU O QUE EU SOU”, enquanto nós sentirmos no coração de você que vocês mão são nada além de joguetes egoístas da sua própria vontade.
 Ser o que são é ser Deus. Deus com fé, Deus com amor, Deus com vontade. Deus com sabedoria. Por enquanto, meus filhos, sejam amorosos, sejam bons amigos, sejam bons filhos, sejam bons pais, sejam bons irmãos.
 Nós somos chamados de Mestres da Fraternidade Branca, porque somos uma fraternidade, porque somos irmãos. E é isso que eu venho lhes pedir, em nome da Chama do amor.
 Eu Rowena, venho lhes pedir: treinem a irmandade. Lembrem-se de quando eram crianças, das brigas que poderiam ter sido evitadas, dos desamores que poderiam ter sido poupados de suas vidas. E compreendam que essa infantilidade não amadureceu e não cresceu como vocês imaginam para libertá-los.
 O corpo emocional, o corpo dos sentimentos de cada um de vocês, ainda engatinha como bebês. Portanto, trabalhem-se. Trabalhem a capacidade de amar. Trabalhem na Chama Rosa, pedindo que o amor venha a vocês e brote em seus corações.
 Amar a Deus, amar a divindade, é uma forma extremamente fácil de criar essa semente no coração, e fazer com que ela cresça, se expanda e floresça. Por isso, as orações. Por isso, os Mantras. Por isso, a meditação. Por isso, a caridade. Por isso, todas as atividades que desejamos sejam gratuitas, para que todas as pessoas tenham a oportunidade de amar e desenvolver a sua arte de amor.
 Deixo aqui o meu toque no coração de cada um de vocês.
Que a Chama Rosa os abençoe, e, todas às vezes que assistirem a um pôr do sol, vejam ali a Presença Eu Sou, realmente sendo. E, quando numa próxima vez, ousarem repetir esse Mantra “Eu Sou O Que Eu Sou”, sejam de amor”

Que a verdade possa te banhar neste novo dia que se inicia.Que os Mestres estejam junto ao seu coração.
Shalom!

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

DIA DE GANESHA- Jay Ganesha

Por Victor Augusto de Souza


No hinduísmoGanexa ou Ganesha (sânscrito: गणेश ou श्रीगणेश (quando usado para distinguir status de Senhor) (ou "senhor dos obstáculos, " seu nome é também escrito como Ganesa ou Ganesh e algumas vezes referido como Ganapati) é uma das mais conhecido e venerado semi-deus do Hinduísmo. Ele é o primeiro filho de Shiva e Parvati, e o esposo de Buddhi (também chamada Riddhi) e Siddhi. Ele é chamado também de Vinayaka em KannadaMalayalam e MarathiVinayagar e Pillayar (em tâmil), eVinayakudu em Telugu. 'Ga' simboliza Buddhi (intelecto) e 'Na' simboliza Vijnana (sabedoria). Ganesha é então considerado o mestre do intelecto e da sabedoria. Ele é representado como uma divindade amarela ou vermelha, com uma grande barriga, quatro braços e a cabeça de elefante com uma única presa, montado em um rato. É habitualmente representado sentado, com uma perna levantada e curvada por cima da outra. Em geral, antepõe-se ao seu nome o título Hindu de respeito 'Shri' ou Sri
.

Hoje dedicamos o dia a este grande Deus, removedor de obstáculos.
Conecte-se com o vídeo abaixo, faça sua doação de energia a Ganesha visualizando que uma luz dourada parte de você e vai até o coração do Deus. 
Faça seus pedidos e determinações e cante o mantra.


Jay Ganesha!


TV COLOSSO VOLTANDO... Mas fora da TV


por Renato Rodrigues

Boa parte dos leitores na casa dos 20 anos aqui do Alcateia deve ter crescido com os sons dos latidos da TV Colosso, programa infantil super bem bolado, exibido na primeira metade dos anos 90 na Globo. A boa notícia é que, para comemorar os 20 anos do programa (caramba!), o grupo Cem Modos vai montar um grande musical em 2013. Serão 88 shows de "Canta, Colosso" por várias capitais do país.

Segundo o diretor Luiz Ferré (e um dos criadores do programa), é a primeira vez que a equipe se reúne desde o fim do programa. "Será a mesma galera. A Priscila está uma graça!" Os produtores foram autorizados a captar R$ 4 milhões por meio de lei de incentivos e a Globo é parceira do projeto.

Eu,apesar de burro véio, achava muito divertido o programa principalmente pelo fato de ter substituído o insuportável programa da Xuxa com um humor e inteligência que lembravam muito os Muppets (sua principal inspiração, presumo!). Também, saca só, entre os redatores estavam os cartunistas Angeli, Laerte, Glauco, Luiz Gê, Fernando Gonsales (do Níquel Nausea), Newton Foot, Gilmar Rodrigues, Adão Iturrusgarai, entre outros. Depois de uma década ouvindo a Xuxa gritando era um milagre imaginar que alguma criança teria neurônios para entender os esquetes desse programa.


 
O programa começou em 1993 e ironicamente saiu do ar em 97 dando lugar a outra loira manufaturada (Angélica). No ano de 2009 rolou um boato sobre uma possível volta como estratégia para liderar a audiência da Globo nas manhãs de segunda a sexta mas foi só papo furado. Será que vão culpar a Fátima Bernardes de derrubar a Priscila também?



terça-feira, 18 de setembro de 2012

PENAS-CANETAS PARA AS PRIMEIRAS 10 RESENHAS NO SKOOB!!!!

Vamos entrar no Skoob? É uma rede social para quem curte livros! Aproveite a promoção que dá uma pena-caneta mágica para as dez primeiras resenhas de O Trono Sem Rei e de Os Dragões de Titânia - A Queda do César no skoob! Elas são encantadas, cada uma para uma coisa, então entre nessa! Avise-nos com o link e seu endereço completo para que possamos mandar. Mande para o e-mail: eddie@eddievanfeu.com


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

SEGUNDA LUA AZUL EM SETEMBRO?

Não deu tempo de postar nada hoje! Que segunda-feira corrida! Mas o importante é que a semana começou e tudo dará certo! Seguinte, ouvi o galo cantar por aí, mas não sei aonde, que teríamos uma segunda Lua Azul em setembro. Fiquei toda empolgada, pois teria uma nova chance de encantar mais coisas! Meu perfume-poção da Lua Azul já está acabando, as caixas estão indo embora, os anéis e chaveiros de cristal já voaram e as varinhas estão no fim. Só que quando eu fui ver no calendário, percebi que talvez não seja uma Lua Azul. A Lua Azul é a segunda Lua cheia do mês, considerando-se sua entrada astrológica exata. Por exemplo, neste ano, a Lua Cheia entrou às 3 horas e 27 minutos do dia 2 de agosto e retornou dia 31 às 13horas e 58 minutos. Em setembro, começamos com a Lua cheia (que entrou em agosto) e voltamos à cheia no dia 30 de setembro, às 3 horas e 19 minutos. A questão é: se a Lua Azul só pode ser contada a partir de sua entrada exata, então em setembro NÃO temos uma segunda Lua Azul. MAS, se considerarmos a Lua Cheia simplesmente, então TEMOS uma Lua Azul em setembro, já que no dia primeiro de setembro ela está 100% cheia. Você pode conferir os gráficos nesse site aqui: http://www.tabuademares.com/calendario-lunar#setembro-2012
Se alguém aí souber mais informações, avise! De qualquer maneira, dia 3o de setembro será um esbat poderoso pra quem for fazer rituais!


FOTOS DO WORKSHOP DE SONHOS, ATAQUES ESPIRITUAIS E VIAGEM ASTRAL NESTE SÁBADO RJ

O Workshop de Sonhos foi super legal e agradeço aos alunos queridos que compareceram mais uma vez! Agora, eles estão afiados para desvendar os mistérios dos sonhos e ataques noturnos! No clima dos sonhos, ataquei de Samara em uma das fotos! E a Márcia Kaplun atacou de zumbi! Mas não se preocupe, não assombraremos seus sonhos! E atenção para o próximo curso no Rio, galera: Dia 20 de outubro, tema ainda a definir! Em Sampa, teremos esse importante curso no final de outubro, junto com um ritual poderoso de Samhain e uma Iniciação de Cavaleiros da Rosa!



domingo, 16 de setembro de 2012

FOTOS DO WORKSHOP DE REIKI DOS DRAGÕES RJ

Essas são as fotos do Workshop de Reiki dos Dragões que rolou em agosto de 2012! A energia foi ótima e foi maravilhoso poder contar com pessoas tão especiais nesse caminho de aprendizado com os Dragões e os Mestres da GFB! E atenção para a próxima aula, galera! Dia 20 de outubro! Ainda não sei o tema, pois preciso ver se vou conseguir preparar a apostila de Vodu a tempo, mas eu mantenho vocês informados!!!!








quinta-feira, 13 de setembro de 2012

OS MESTRES E VOCÊ



Por Victor Augusto de Souza e Fernando Coelho


Bem-Vindos Sejam!
Tivemos um recesso para aprimorar o circuito de mensagens dos Mestres. Buscando sempre levar a melhoria para dentro de cada um, chegamos a conclusão que teremos a cada mês um foco principal, onde as matérias trarão informações para o desenvolvimento desta energia.
Neste mês florido, o assunto será: Família e Espiritualidade.

Como sabemos, muito dos que optam pelo caminho espiritual acabam sofrendo dentro da própria família, sendo uma forma de aprendizado dolorosa, pois, é sempre pior escutar uma ofensa de quem amamos do que a quem não nos tem muito valor emocional. Os estudos da Fraternidade Branca propõem o Universalismo, onde cada um respeita-se e consequentemente respeita ao próximo, a ideia de aceitação não fica só em não criticar quem opta por outra fé e sim, aceitar verdadeiramente em seu íntimo que todos os caminhos levam a Divindade Suprema.
Religião já traz essa proposta, de religação e a Fraternidade te pergunta hoje :

 Se religar a que ou a quem?


A resposta já esta dentro do seu ser, a religação ocorre com o seu próprio coração e da sua transformação ocorre a conexão com seu Eu Superior, ou seja, a parcela de Deus em você.
Caso esteja passando por problemas familiares, no trabalho ou simplesmente sofrendo por não aceitarem sua fé, use a máxima que existe na Magia também: Cale.
Evite falar sobre seu modo de enxergar o o contato com o espiritual com quem tem uma visão unilateral, respeite, cada um tem o seu momento e a sua trilha. Sábio é aquele que tem em seu íntimo a ligação com o Todo, você não precisa apregoar aos quatro cantos do mundo como é sua fé. Lembre-se que a energia espiritual é sempre você com você e você com a Divindade, fora disso é escolha sua compartilhar ou não.

Como já explicado por eles, a maioria de nossos resgates kármicos ocorre dentro de nosso seio familiar, porém, a Fraternidade nos ensina que ninguém necessita ficar preso a estes laços kármicos para sempre. 
Para isso existe a transmutação! Não coloque mais o fator de Karma como uma fuga para não querer mudar, é mais ético você dizer que não quer mudar a querer colocar a culpa no karma.

Na energia ativada das Chamas Sagradas, recomendo a conexão com a energia do 3ºRaio-Rosa, como também com a Chama Violeta que trabalha fortemente nesta quebras. Caso esteja com alguém específico que não esteja aceitando seu modo de expressar a fé, invoque o Eu Superior desta pessoa a 2ªChama- Dourada juntamente ao 3ºRaio-Rosa, pedindo para que a mente e o coração desta pessoa se abra e que caso haja alguma fator kármico que este seja quebrado no agora. É sempre recomendado que as invocações sejam feitas com sequência, para um bom resultado 21 dias é excelente.

E nesta sintonia de libertação, compartilhamos a primeira parte de uma mensagem canalizada por Maria Silvia P. Orlovas, tendo como entidade repassante a Mestra Rowena.

Ligue-se a essa sintonia e manifeste milagres e quebra de grilhões a sua vida!


"“Há uma capacidade natural das águas. Muitos aqui devem ter ouvido comparações sobre as águas e as emoções. Tendo consciência disso, vocês devem saber que este é o planeta das emoções. Este planeta é onde as pessoas, os seres que aqui estão encarnados, vieram aprender através das suas emoções.
 Primeiro o homem se emociona, depois, sente. E depois é que se abre ao verdadeiro sentir.
 Primeiro, há uma profunda emoção, uma emoção que toma o espírito, que toma a alma e muitas vezes o corpo. Depois, há o sentir verdadeiro.
 Eu venho lhe falar desse planeta emoções.
 Esse planeta que, todas as vezes que é tocado pelos momentos de transformação, os momentos diários de transformação, recebe a luz Rosa da Chama Trina. E aqui eu vos falo do amanhecer e do entardecer.
 Observem o ar desses momentos. Observem o firmamento de um entardecer e de um amanhecer. Observem, se possível, com os olhos espirituais abertos, vejam a Chama Rosa tocando as águas do mar, e compreendam a profunda revolução que se dá nesse contexto da vida.
A Chama Rosa acalma, transforma, porque lhes fala de amor. Porque lhes fala de sentimentos superiores, sentimentos que o homem deve desenvolver. E a única forma, meus filhos, de desenvolver os sentimentos, é antes se emocionando. Então, se emocionem. Emocionem-se ao ver algo belo.
 Permitam que as lágrimas saiam de vocês. Permitam que as suas emoções se despreguem de sua crosta, porque o homem, antes de ser um ser pensante, é um ser sensível, que por isso sente. Permitam que os sentimentos aflorem em vocês.
 Saibam que não é nem um pouco fácil lidar com os sentimentos.
 Em minha experiência na Terra, vivi em um mundo onde as pessoas estavam o tempo inteiro brincando e jogando umas com as emoções das outras. Havia um conflito emocional muito forte. Havia lágrimas de dor, traições, lares desfeitos, juras de amor eterno, que se desvaneciam no próximo dia. Havia compromissos firmados e rompidos, e, nesta confusão de emoções, um treino do sentimento."
Esperamos que a mensagem ajude cada um a se sentir mais livre.
Dê valor a sua fé! Compartilhe com quem desejar, mas não force ninguém a andar em seu caminho.
Pedimos que expandam a energia da série "Os Mestres e Você", compartilhando e comentando!
A opinião de cada um é extremamente importante para nós.
Um abraço especial!
Shalom!

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Cigano Ramur

Por Fernando Coelho e Sandrini


Querido lobonaltas, a matéria de hoje esta bem curtinha, mas precisava falar desse cigano para vocês.
 Ramur, é um cigano de origem siberiana. Ele é bem misterioso, e sua magia mais misteriosa ainda, usa um ponteiro oriental de tamanho médio com uma pedra azul ou rubra incrustada no cabo. Sua bebida predileta é o rum, mas aceita bem o vinho.
 Costuma aparecer usando uma camisa larga branca com mangas bufantes, calça azul-escuro e uma espécie de turbante, que é muito comum entre os ciganos siberiano.
 Este cigano costuma usar sua magia para proteção e justiça, e para atrair essa energia basta fazer uma estrela de seis pontas, contorne-a com um circulo e coloque o ponteiro imantado de Ramur, como nem todos por aqui vai ter um ponteiro oriental em mãos, pode acender uma vela azul e ao lado colocar uma pedra azul ou rubra, pedindo a proteção dele. A pedra ficara imantada com a energia desse cigano, e você poderá sempre fazer esse ritual quando precisar.


terça-feira, 11 de setembro de 2012

O QUE A LUA AZUL TROUXE PRA VOCÊ

por Eddie Van Feu

Tá todo mundo perguntando o que eu trouxe pra galera dessa Lua Azul. Dessa vez, encantei um monte de balas que serão dadas aos alunos nas próximas aulas. Elas dão alegria e inspiração das fadas. Mas tem mais coisas também! Lembre-se de que tudo é em quantidade limitada, então quando acabar, acabou. Aí vai:


Penas-canetas de Realização:
Encantei essas penas coloridas com a Lua Azul para que ajudem a realizar pedidos, transformando o que se escreve com elas em decretos para o Universo, dando energia para o desejo no astral e acelerando sua materialização no mundo físico. Como usar: escreva com intenção forte (pensando firmemente no que deseja) num papel virgem. Pode ser num caderno. Você deve escrever todos os dias, por 21 dias, o desejo, mas como se fosse uma afirmação: “Eu tenho um carro 0Km que me faz muito feliz”, “eu tenho um amor verdadeiro que me completa”, “eu tenho o peso ideal e um corpo bonito”, “eu consegui o emprego que queria e ganho muito bem”, etc... Apesar de todas as penas realizarem desejos, elas possuem especializações por suas cores.

Pena Amarela: realiza desejos relacionados a provas, concursos, estudos, cursos, faculdade, livros, imaginação, criatividade, mente livre.
Pena Azul: realiza desejos relacionados a dinheiro, negócios, empresas, livre-iniciativa, conquistas materiais, poder pessoal, ter mais voz ativa e mais comando para tomar decisões.
Pena Vermelha: realiza desejos relacionados a amor, paixão, vitórias, combates, energia e rapidez.
Pena Lilás: realiza desejos relacionados à saúde, transmutação, dissolução de dívidas kármicas.
Pena Branca: realiza desejos relacionados a paz, amor, abertura de caminhos e serenidade.
Pena Laranja: realiza desejos relacionados a energia criativa, imaginação, ânimo, conquistas, fama, brilho, boa sorte, vitalidade, vigor, fortuna, alegria e amizade.

Cada livro adquirido no mês de setembro na Linhas Tortas recebe uma pena. Você pode comprar seus livros no www.linhastortas.com ou por tel.: (21)3872-4971.

Caixas Multiplicadoras:
Como a Lua Azul potencializa sete vezes qualquer ritual, essas caixas são especiais, pois seus espelhos e pantáculos foram encantados com os dragões e GFB nesse dia especial. São apenas dez caixas grandes e dez caixas pequenas. O preço é o mesmo, elas irão para os primeiros que adquirirem caixas multiplicadoras. Três já foram.
Caixa Normal R$110,00
Caixa Grande R$ 130,00

Perfume da Lua Azul:
Ele aumenta o ânimo e a inspiração, abre a mente da pessoa para as coisas boas, dá boa sorte em todos os aspectos, bastando para isso mentalizar o que se deseja antes de passar o perfume. Por exemplo, antes de uma entrevista de emprego, pegue o vidro e mentalize se saindo muito bem. Então passe o perfume. Em outra ocasião, se deseja encontrar um namorado ou namorada, mentalize isso e então passe o perfume antes de sair. Passado antes de dormir ele proporciona sonhos proféticos ou passeios em dimensões superiores (dependendo do usuário).
R$ 25,00

Óleo da Lua Azul:
Passado em velas e instrumentos, ele potencializa sete vezes qualquer ritual. Passado em si mesmo, ele proporciona leveza e boa sorte em todos os aspectos. Passado nas mãos antes de uma atividade, ele torna aquela atividade afortunada. Passado no terceiro olho e na nuca, ele auxilia na vidência e em viagens astrais. Passado no chakra do coração, ele alivia dores de amor. Passado na cabeceira da cama, ele permite a elevação do espírito a dimensões superiores durante o sono. Ele sempre dará poder mágico e a boa sorte, cabendo ao usuário escolher como utilizá-lo.
R$ 13,00

Anéis (Esgotado):
Em forma de dragão, eles trazem a proteção dos dragões contra males invisíveis, como inveja e feitiços. Eles também proporcionam sabedoria e bom humor.
R$ 20,00

Chaveiros com cristais  (Esgotado):
Talismãs de boa sorte e proteção que funcionam na área em que estão. Podem ser usados por qualquer pessoa, caminhante da magia ou não.
R$ 10,00

Varinhas:
Essas são as últimas varinhas de aroeira. Por serem encantadas na Lua Azul, potencializam qualquer magia em sete vezes. Enviam e puxam energia como uma varinha convencional, mas atuam principalmente com a energia de Saint Germain. Ajudam em casos kármicos, em abertura de caminhos, em casos de saúde, na prosperidade, bom humor e na proteção contra magia e inimigos invisíveis desta ou de outra dimensão.
R$ 40,00

Para adquirir qualquer uma dessas coisas mágicas, é só falar direto com o Renato no alcateia@alcateia.com ou pelo tel.: (21)3872-4971.

LOBOTECA: Resenha do livro "Delenda"

Por Sandrini

Pessoal, faz tempo que não dou as caras por aqui, mas isso está prestes a mudar!

E como a Bienal nos trouxe coisas demais (livros e mais livros!) e ainda estamos um pouco naquele clima, hoje venho fazer a resenha de um dos livros que eu adquiri. A autora se chama Amanda Reznor, o livro se chama Delenda e se passa numa vila pequena chamada Vale dos Segredos (o qual a autora diz, que ainda será palco para muitos enredos), como está escrita em sua resenha: Delenda é uma dessas estórias que rega o Vale, mas não é a única, nem isolada, podendo ser cruzada com volumes futuros.


Mas, indo à Delenda então, do que se trata o livro?

A personagem principal, Cláudia, é uma adolescente normal em seu aniversário de 18 anos, mora apenas com a sua avó numa pacata cidade comum. Fora os pesadelos que a atormentam desde criança, nada em sua vida é anormal... Até o dia em que ela recebe uma herança inesperada do avô que nunca conheceu.

Entre muitos desenlaces, ela decide ir ao Vale dos Segredos. Cláudia se mostra uma menina de personalidade forte, fazendo suas próprias decisões - e arcando com as consequências delas. Não acreditando no sobrenatural, sempre buscando uma explicação racional para tudo, até mesmo no final ainda ficamos com dúvida sobre o que ela pensa a respeito, depois de ter vivido tudo o que viveu.

Devo dizer, à medida que fui lendo, minha cabeça se embaralhava ao mesmo tempo em que as peças do quebra-cabeça iam se encaixando. Ao mesmo tempo em que nos dá certeza, ainda deixa uma ponta de dúvida. Certamente, muitos ganchos foram deixados para futuras histórias paralelas ao Delenda, sem deixar de fazer esta história em si fazer sentido.

A escrita se torna fria em certas partes, não nos deixando entrar na pele do personagem por, justamente, estar um pouco falha de sentimentos. Algumas cenas nos fazem compreender (e sentir) apenas o que a personagem tem fisicamente; seu lado emocional, por vezes, fica jogado de escanteio.

A autora também costuma jogar os fatos na cara do leitor. Como um tapa! Se você entendeu porque apanhou, consegue acompanhar a história; caso contrário, vai ter que voltar algumas páginas pra entender o que aconteceu. E em seu modo de escrever, Amanda sempre deixa uma dúvida: isso é real, ou apenas minha mente? Caso em que temos que continuar lendo para entender se tudo aconteceu mesmo, ou não.

Amanda Reznor gosta de brincar com a questão de “bondade e maldade” nas pessoas. Para ela, ninguém é 100% bom ou ruim, e foi um belo artifício de joguete. Muitos personagens, ditos à primeira vista como “loucos” ou “insanos”, estão apenas confusos e seguindo sua verdade. Outros, gentis e bondosos, mostram que “as aparências podem enganar”, e é isso que temos ao final da história. É algo que te faz imaginar o que o velhinho bondoso da esquina da sua casa, aquele que alimenta os gatos de rua e dá comida aos pobres, já deve ter aprontado em toda sua vida. Vai saber!

Se eu puder falar da estrutura do livro, foi uma das coisas que mais me atraiu no Delenda. Com páginas totalmente negras e letras garrafais brancas, entre os capítulos, a autora narra acontecimentos “de fora” da cena atual, mostrando o que acontece enquanto todo aquele desenrolar prossegue. Seres e fatos, apenas escondidos, mas ali o tempo todo.

Vale dos Segredos é um lugar que nos faz refletir: com tanta beleza, tanto na paisagem quanto nas pessoas, ainda é palco para muita coisa horrenda e agoniante. Nos remete à reflexão: Porque o ser humano sente essa mistura de fascínio com repulsa? Muitas vezes correu o pavor nas minhas veias; um certo masoquismo psicológico, uma tortura agradável aos nervos. É igual a quando vemos uma cena bizarra e arrepiante, de tortura ou de morte: metade do nosso ser é impelido a fechar os olhos, e a outra metade quer ficar lá e assistir a tudo.

Para o bem ou para o mal, se eu tiver que descrever Delenda com uma única palavra, seria: surpreendente. Acho que, para um primeiro livro, está mais que aceitável.

E cuidado, muito cuidado ao ler este livro: Vocês podem passar a temer as sombras do dia.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

JOGOS VORAZES: COMENDO O COBERTOR

por Eddie Van Feu

Pois é, eu sou aquela que está sempre à margem dos furacões culturais e populares que andam por aí. Eu sou aquela que nunca ouviu uma música do Restart, só viu o Justin Bieber no Saturday Night Live (e gostei muito!), e fiquei um bom tempo sem saber quem era Michel Teló ou o que ele cantava. Mas ando insistindo em sair da minha bolha onde só toca Enya para ver o que acontece no mundo lá fora, mesmo que com atraso (só fui ver High School Musical anos depois!).

Enfim, vi Jogos Vorazes. Considerando o bafafá que o livro fez, esperava outra coisa, mas, vamos aos fatos.


O filme tem um visual estranho, beirando o bizarro, numa espécie de Anos 80 exagerado (como se isso fosse possível) num revival futurista. Algo que não tenho certeza se funcionou muito bem. A história se passa numa realidade alternativa, ou num mundo distante, ou num futuro não tão distante, onde um reality show é a forma do governo de manter os pobres sobre controle. Pois é, a temática daria pano pra manga, podendo tocar em assuntos polêmicos sobre a mídia e as massas.

Jennifer Lawrence ao lado da  namorada do Chapeleiro Louco.
Mas não toca. Na verdade, nem passa perto. O filme é fiel à sua primeira intenção. O que ele mostra, logo no começo, é exatamente o que você terá no final, sem surpresas, sem reviravoltas, sem nada pra pensar a respeito. A mocinha e o mocinho são jogados numa arena ao vivo para se matarem com outras crianças. Você espera algum tipo de ponto de virada, mas não tem nenhum. Você espera que alguém tenha um plano, mas ninguém liga. No final, você fica com a sensação de que comeu seu próprio edredom quando lhe prometeram uma panqueca.

O trio principal é fraquinho. Jennifer Lawrence é lindinha, mas não deixa claro a que veio, se é uma rebelde ou só uma coitada que precisa sobreviver. Como é regra nos filmes e livros adolescentes atualmente, ela está dividida entre dois amores. Josh Hutcherson e Liam Hamsworth são uma fraqueza só e não convencem como galãs ou candidatos a.


Não sei o livro, mas saberei, já que a Carol já comprou pra me dar de presente. Depois que vi a diferença cósmica entre o filme do Percy Jackson e o livro, até acredito que o livro de Jogos Vorazes possa ser melhor. Mas se a história é a mesma do filme, sinceramente, duvido. A própria ideia de que uma sociedade com aquele avanço médico e tecnológico invista tanto numa rinha de crianças é débil. Os artifícios usados nessa arena são surreais, explicados apenas por mágica. E aquele povo todo que manda seus filhos para o Big Brother do Mal já devia ter se revoltado muitas vezes dentro desses 74 anos em que isso acontece. O Oscar tem quase essa idade e teve suas demonstrações de revolta!


As cenas de ação e violência foram amenizadas para não chocar o público e para o filme não receber uma censura.

No final, há uma total falta de mensagem, o que torna o filme ainda mais vazio. Se podemos extrair uma mensagem do filme, com muita dificuldade, esta seria: "Aprenda a jogar o jogo e jogue". Claro que os fãs vão dizer que aquilo é só o começo e tem muito mais nos outros dois livros e nos outros dois filmes. A questão é: o ingresso que eu paguei não vai valer por dois ou três filmes. Só pra um! Tudo o que eu quero é uma boa história. Não foi o que tive. Aguardem a crítica do livro quando eu o ler, lá pelo final do ano! Por enquanto, fiquem com o lado bom de jogos Vorazes: as paródias.






domingo, 9 de setembro de 2012

LOBOTECA: Resenha do livro "O amor é para os fortes"

Por Fernando Coelho

Nossa, faz mais de mês que não faço uma resenha, então para começar bem a semana indicarei um livro que li e gostei muito.

O livro foi escrito por Marcelo Cezar e ditado pelo espírito Marco Aurélio. Marcelo Cezar escreveu vários livros, tais como: “A vida sempre vence”, “Um sopro de ternura”, “A última chance”, “Para sempre comigo”, “O preço da paz”, “Você faz o amanhã”, “Medo de amar”, “Nunca estamos sós”, “Nada é como parece”, “Só Deus sabe” e “O amor é para os fortes” e é este ultimo que indico a vocês.

“O amor é para os fortes” é da editora Vida E Consciência, o livro traz 258 paginas de um belo romance espírita contado na terceira pessoa, tendo a historia com fácil entendimento por se passar nos dias atuais, o cenário é no Brasil se concentrando na cidade de São Paulo e Rio de Janeiro.

A narrativa se desenvolve em torno da história de Edgar, um jovem apaixonado por Denise, sua esposa, ela era linda porem arrogante e inescrupulosa, que só se mantinha nesse relacionamento por que era ela quem dava as cartas e fazia o que bem queria do marido, ela nunca o amou e sempre o traiu, foi obrigada a se casar com ele por ter engravidado na juventude. Apesar dos problemas, ele faz de tudo para manter a relação, pois ele a vê como um deusa, e é o tipo de cara romântico que sempre se colocava abaixo da esposa se sentindo não merecedor de seu amor. Ela, porém, o deixa para conquistar Leandro, um homem culto, educado, empresário e um ótimo pai. Este está passando por uma crise no casamento com sua mulher, Leticia que é linda e respeitada na sociedade.

Devido a separação com Denise, Edgar tenta um suicídio, e acaba sendo salvo da morte pela assistente de sua mulher, Marina, que acaba se apaixonando por ele.

Denise não aceita ser só amante de Leandro e acaba fazendo de tudo para acabar com o casamento dele com Leticia, criando assim o clímax da historia.

Os personagens centrais da narração se cruzam tanto no plano terreno, quanto no espiritual e por meio de suas experiências levam o leitor a refletir sobre o real significado do amor. A medida que a alma se eleva, há a compreensão das questões sentimentais, o amor é revelado e destinado aos fortes de espírito.





Abaixo deixo uma frase retirada do livro:
“Muitos de nós, perdidos nas ilusões afetivas e sedentos de intimidade, buscamos a relação perfeita. Este romance nos mostra que não existe a relação perfeita, e sim, a relação possível. E é nessa relação possível que a alma vive as experiências mais sublimes, decifra os mistérios do coração e entende que o amor é destinado somente para os fortes.”